Quanto custa as taxas para entrar em Fernando de Noronha

Fernando de Noronha é uma ilha pernambucana de beleza incomparável e que já atraiu a atenção de muitos artistas e famosos. Tendo se tornado um dos destinos turísticas mais desejados por brasileiros e estrangeiros, o local passou a cobrar taxas por quase todas as atividades vivenciadas no local.

Quem está pensando em visitar Fernando de Noronha deve estar atento para estas cobranças e ir preparado! Veja a seguir quanto será preciso desembolsar para cumprir com as taxas da ilha:

Taxa de Preservação Ambiental (TPA)

Fernando de Noronha é um local paradisíaco de beleza natural e diversas riquezas ambientais, e para que esta declaração se mantenha assim, o local precisa cobrar algumas taxas dos visitantes.

O fluxo de turistas no local é a maior fonte de renda da ilha, mas não pode prejudicar de forma alguma a natureza e os animais que já existe na região.

Por essa razão, quem está interessado em ficar em Fernando de Noronha precisa pagar a famosa Taxa de Preservação Ambiental (TPA).

A taxa é cobrada por dia de estádia na ilha. Sendo representada por um valor inicial de R$ 73,52. Mas é importante lembrar que a taxa está sujeita a mudanças de um ano para outro.

A taxa pode ser efetuada na própria ilha, ou através do portal online via internet. É recomendado cumprir com o boleto, pelo menos, três dias antes da sua viagem.

Taxa de Ingresso ao Parque Nacional Marinho

Outro valor muito importante para a preservação ecológica de Fernando de Noronha é referente a taxa de ingresso ao Parque Nacional Marinho.

Em sua maioria, as visitas a quase todos os locais da ilha irão requirir o pagamento de algum valor para manter a vida natural dos ambientes.

Esta taxa possibilitará o acesso do turista a todo território do Parque Nacional, o que inclui algumas das praias mais famosas e procuradas da região.

Quem vai passar por lá, terá de pagar R$ 106,00, isto se for um turista brasileiro. Para os turistas de outros países o valor cobrado é de R$212,00.

Projeto Tamar

O Projeto Tamar está presente em Fernando de Noronha há muitas décadas e parte das taxas arrecadadas também são destinadas ao funcionamento dele.

Os turistas podem conhecer as propostas do projeto se estiverem regulares com as taxas mencionadas, podendo conhecer de perto a natureza da região.

O Projeto Tamar é responsável pela preservação dos locais de desova das tartarugas marinhas, garantindo a continuação da espécie e os turistas podem aprender tudo.